Paulinho da Força

O Dia Internacional da Mulher, comemorado no dia 08 de março, lembra a luta diária destas guerreiras. Elas já conquistaram muitas coisas, porém ainda há muito a fazer e acredito que, hoje, uma das principais lutas das mulheres é a igualdade no mercado de trabalho e nos ganhos salariais

Infelizmente, as elas continuam ganhando menos que os homens mesmo quando desempenham a mesma função. No Brasil, dados do IBGE mostram que, em média, os homens ganham R$ 2.251 e as mulheres recebem R$ 1.762, ou seja, R$ 489 a menos. A diferença é enorme e injusta.

Mudar esta realidade depende de cada um de nós. Por isso, como deputado federal, quero me colocar à disposição para defender os direitos das mulheres e a igualdade salarial no mercado de trabalho.

Por: Paulinho da Força – deputado federal e presidente nacional do Solidariedade