Paulinho da Força

O prefeito Márcio Perpétuo Augusto (Solidariedade), acompanhado do vice-prefeito Luis Fernando Piovesana (PTB), esteve no escritório do deputado Federal Paulo Pereira da Silva (Solidariedade), o Paulinho da Força, em São Paulo, para entregar o projeto com o orçamento da pavimentação asfáltica do Anel Viário entre as estradas vicinais Marapoama / Elisiário e Marapoama / Urupês.

A obra, orçada em pouco mais de R$ 4 milhões, terá a execução de drenagem e construção de galeria para águas pluviais, poço de visita, bocas de lobo, caixa de passagem, dissipador, guias, sarjetas e calçadas e asfalto do tipo concreto betuminoso usinado a quente (CBUQ) com camada de espessura exclusiva para transportes de cargas pesadas.

O deputado, que fez questão de conhecer o local durante a visita a Marapoama no inicio de agosto deste ano, assegurou que vai buscar os recursos com os ministros dos Transportes e das Cidades para tentar ajudar o prefeito solucionar o problema. “Ainda nesse ano o Paulinho espera fazer essa agenda em Brasília com os ministros. Ele disse que não podemos perder tempo e iniciar as tratativas o quanto antes para conseguir atingir o objetivo”, comemorou o prefeito Marcio, ao destacar que a pavimentação asfáltica desse Anel Viário é de extrema importância para Marapoama. “Nos dias de chuvas os caminhões pesados não se utilizam do Anel Viário e causam grandes transtornos ao passar pelas ruas e avenidas do município. No entanto, mesmo utilizando o Anel Viário nos dias de estiagem, os caminhões também causam prejuízos. A poeira levantada pelos caminhões deixa a cidade e as casas sujas, prejudicando a saúde dos moradores”.

Para finalizar, o prefeito falou do andamento das emendas parlamentares de autoria do deputado no valor de R$ 250 mil para obras de recape de ruas e de R$ 250 mil para a construção do calçadão na Rua São José, na extensão da Igreja Praça da Matriz. “Todo o tramite burocrático já está concluído, só estamos esperando a liberação da Caixa Econômica Federal para o inicio das obras”.

Fonte: Folha de Sábado

estrada